genoma novo coronavírus
Pixabay
Chegada de novo coronavírus a interior de São Paulo preocupa


Segundo monitoramento feito pelo Centro de Apoio Operacional Cível, a pandemia do novo coronavírus já fez 15 vítimas fatais em asilos de Piracicaba, município de São Paulo. O levantamento também afirma que há 75 casos confirmados e 29 suspeitos.

O Ministério Público de São Paulo acompanha a situação ao lado do órgão. A mais recente vítima fatal faleceu na instituição Bem Viver, aos 86 anos. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirmou no dia 3 de maio que o nível de contágio está aumentando nas cidades do interior.

Esse espalhamento para zonas mais afastadas é considerado preocupante por conta da capacidade do sistema de saúde da capital, já que pacientes interioranos podem ser deslocados para área metropolitana.

O Lar Betel, localizado em Piracicaba, teve seu primeiro caso no dia 18 de abril. O infectado era um funcionário. Na mesma data, residentes do asilo deram entrada em hospital com suspeita de Covid-19 . Alguns dos pacientes têm comorbidades, como pressão alta, problemas cardiovasculares ou de pulmão, diabetes ou câncer.

A Secretaria de Saúde auxiliou o asilo e informou que a testagem de todos os residentes e funcionários era importante.

A cidade de Santos também precisou realizar testagens, e receberam doações de kits. Três idosos que residem no Rotary Club foram internados e 49 foram infectados. Ao total, são 74 idosos morando nessa instituição. Vinte e oito funcionários também testaram positivo.

Alguns moradores estão sendo isolados no próprio local. Oito idosos infectados com a Covid-19 faleceram.

    Veja Também

      Mostrar mais