Complexo de Pedrinhas, no Maranhão
Clayton Montelles/Governo do estado do Maranhão
Complexo de Pedrinhas, no Maranhão

A saída temporária de Dia das Mães de 730 presos do sistema prisional do Maranhão foi adiada para o dia 24 de junho devido ao surto da Covid-19 . A decisão foi tomada pela Justiça do estado e vale para pessoas detidas nas unidades prisionais de São Luís.

Os detentos começariam a receber as liberações nesta quarta-feira (6) com retorno previsto para o dia 12. A nova data, no entanto, ainda pode ser reavaliada caso a Justiça entenda ainda há riscos sanitários no período.

Leia também: Plataforma reúne gráficos interativos sobre a Covid-19 no Brasil

De acordo com informações da secretaria estadual de Saúde, o Maranhão tem 5.028 pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) e 291 mortes registradas. Dos mais de 5 mil contaminados, 3.368 são de Luís, enquanto os mortos são 227 na capital.

Diante dessa situação e da grande procura por atendimento no sistema de saúde pública, a Justiça já havia decretado o lockdown (confinamento total) na ilha de São Luís, região que abrange a capital e os municípios de Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários