Ministra Damares Alves anunciou medidas de denúncia na coletiva de hoje (2)
Carolina Antunes/PR
Ministra Damares Alves anunciou medidas de denúncia na coletiva de hoje (2)

Durante a coletiva de imprensa do Governo Federal sobre ações contra a Covid-19 , a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirma que a notificação de violência contra a mulher já é 50% maior no Rio de Janeiro, na comparação com o período antes da epidemia de Covid-19 .

LEIA MAIS: Presidente do Senado está curado da Covid-19 e retoma atividades

Ainda conforme a ministra, a maior parte das notificações acontecem pela internet. “O canal de atendimento Ligue 180 mostra que a violência contra a mulher está crescendo no Brasil. Houve um aumento na demanda de 9%”, afirmou ela, na tarde desta quinta-feira (02).

O Governo Federal anuncia que em dois dias os serviços do Ligue 180 serão lançados no aplicativo " Direitos Humanos Brasil " para dispositivos Android e IOS. “Também reportaremos violência contra criança, povos tradicionais e as comunidades LGBT. Mesmo dentro de casa, estando sobre o mesmo teto do agressor, será possível ir para um quarto separado e fazer a ocorrência pelo aplicativo”.

Violência contra a criança

Seguindo a tendência de países da Europa, Damares Alves também acredita que casos de abuso sexual de crianças devem aumentar. “É uma tendência que deverá se repetir aqui. O Disque 100 estará aberto para receber as ocorrências”, diz a ministra. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários