PMs arrow-options
Reprodução Redes Sociais
Políticos e policiais militares violarem decreto municipal de quarentena


Políticos e policias militares fizeram festa em uma mansão em Búzios, na Região dos Lagos. A festa é configurada como crime pois viola o decreto muncipal da Prefeitura de Búzios, que determina quaretena e isolamento social como forma de contar a disseminação da covid-19 na cidade.

A Prefeitura de Búzios publicou o decreto no dia 20 de março proibindo reuniões com aglomerações, dentre elas estão shows e festas. A prefeitura afirmou que investiga o caso.

A festa ocorreu no bairro João Fernandes, em uma mansão. Vizinhos relataram que a festa durou mais de 24 horas. Alguns dos participantes da festa ilegal seriam um secretário da Prefeitura, um capitão do 25º batalhão da Polícia Militar, o deputado estadual Filippe Poubel (PSL), e o policial militar e blogueiro Gabriel Monteiro que tem milhares de seguidores nas redes sociais.

Leia também: Bolsonaro volta a pregar retorno ao trabalho e diz que OMS se associou a ele

O procurador do Ministério Público Federal Leandro Mitidieri afirmou ter enviado representação ao MPRJ para checar a entrada indevida do policial e blogueiro Gabriel Monteiro no município de Búzios para participar de evento que infringe determinações  do poder público 

Em nota, o prefeito de Búzios, André Granado, disse que recebeu denúncias sobre a festa por aplicativos de mensagem e foi entrou em contato pessoalmente com a Secretaria de Segurança Pública para apurar o caso.
O prefeito disse ainda que foi verificado que se tratava de uma reunião familiar de um deputado e de um oficial da Polícia Militar.

O prefeito repúdiu a ação e disse estar averiguando a situação para tomar as medidas cabíveis. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários