Prédio desabou pouco antes das 11 da manhã
WhatsApp/Divulgação
Prédio desabou pouco antes das 11 da manhã

A Polícia Civil do Ceará instaurou um inquérito para investigar as causas do desabamento do edifício Andreia, prédio residencial que caiu no bairro de Dionísio Torres, em Fortaleza, na manhã da terça-feira (15). Os bombeiros trabalham há mais de 24 horas para salvar vítimas que ainda estão soterradas no local.

A polícia forense já fez visitas ao local, mas todo o processo de perícia só ocorrerá após o resgate do Corpo de Bombeiros ser concluído. Até o momento, nove pessoas foram resgatadas com vida,  duas morreram e oito são consideradas como desaparecidas . Um  cachorro também foi resgatado dos escombros. Mais de 200 bombeiros trabalham nos resgates.

Leia também: Novo vídeo mostra prédio caindo sobre pessoas em Fortaleza

Suposta reforma sem permissão

Vídeos e fotos registrados pelos moradores nos dias anteriores à queda mostravam  pilastras de sustentação do local danificadas e com ferros à mostra. Em uma troca de mensagens, um dos moradores demonstra preocupação com a quantidade de “ferro retorcido” e confirma a reforma.

Apesar disso, a Prefeitura de Fortaleza afirmou que nenhum órgão municipal foi consultado para a realização da reforma no local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários