Tamanho do texto

Computadores e impressoras são principais alvos dos suspeitos dentro do prédio do Cadastro Único da Bolsa Família de Natal, no Rio Grande do Norte

Prédio público arrow-options
Google Street View
Prédio foi arrombado seis vezes

O prédio no qual é feito o Cadastro Único do Bolsa Família na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, foi invadido pela sexta vez em 15 dias na noite do último domingo (22).

Localizado no bairro de Lagoa Nova, o prédio sempre fica com as atividades suspensas quando passa pelos arrombamentos. Os objetos “preferidos” dos suspeitos são computadores e impressoras. Até o momento, 12 aparelhos foram retirados do local. 

Leia também: Vídeo flagra dupla tentando arrombar porta de casa a chutes em plena luz do dia

O último arrombamento do local foi realizado no fim de semana anterior, quando a agência de cadastros passou três dias fechada para o público. "Roubaram tudo e a gente, cidadão brasileiro, fica prejudicado. Vim atrás do meu bolsa família, fazer meu novo cadastro, zero. Só em novembro, dia oito de novembro", afirmou um dos clientes do local em entrevista à TV Ponta Negra. 

Até o momento, dois homens presos por arrombamentos em casos semelhantes nas redondezas são suspeitos de terem cometido os crimes. A polícia garante que aumentou a fiscalização na área, mas, ainda assim, isso não foi suficiente.