PM deu um soco no ativista e fugiu
Reprodução
PM deu um soco no ativista e fugiu

O PM e youtuber Gabriel Monteiro agrediu um membro do movimento "Marcha das Favelas" após o velório da menina Agatha Vitória Sales Félix, de 8 anos, do lado de fora do Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte do Rio.

Leia também: Homem põe fogo e mata a esposa grávida de 4 meses em Recife

Em uma transmissão ao vivo no Facebook do PM , o ativista se altera com as respostas de Gabriel sobre as ações da Polícia Militar dentro das comunidades do Rio. Nas imagens, o jovem se afasta do policial no momento em que comparava o número de mortes com o de fuzis apreendidos. Ele se aproxima novamente questionando sobre as mortes resultadas de operações contra o tráfico de drogas. Toda a ação é filmada.

Você viu?

Durante uma breve discussão, o policial dá um soco no rosto do rapaz e foge. Assista: 



Em suas redes sociais, Gabriel diz que a agressão foi para se defender de um ataque: "Graças a Deus o líder da Marcha das Favelas não conseguiu consumar a armadilha que fez contra mim. Convidou-me para conversar, chamou uma multidão de pessoas e tentou me impedir de fugir, me xingando e agredindo. Meu carro foi apedrejado. Tive que me defender", escreveu. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários