Carro acidentado na BR
Arquivo / Agência Brasil
Acidentes com vítimas fatais são os que custam mais caro ao Estado

Registrando 53,9 mil acidentes com vítimas em rodovias federais em 2018, o Brasil gastou R$ 9.732.692.320,12 em acidentes em um ano inteiro. As informações são da Confederação Nacional do Transporte (CNT). 

Segundo a CNT , a maior parte do dinheiro foi voltada para acidentes com vítimas não-fatais, o que corresponde a R$ 5,6 bilhões. A verba depositada no acidente de vítimas fatais, por sua vez, é de R$ 3,6 bilhões e para acidentes sem vitimas, de R$ 442 milhões. 

Leia também: Brasil tem 190 acidentes com 14 mortes por dia nas rodovias federais

Mesmo ficando em segundo lugar no número de acidentes, atrás do Sul, a região Sudeste é a que perdeu mais dinheiro em 2018, com R$ 2,78 bilhões. Em segundo lugar, vem a região Sul, com R$ 2,67 bilhões. O Nordeste fica no meio da tabela, com R$ 2,44 bilhões. Os dois últimos lugares são do Centro-oeste (R$ 1,19 bilhão) e do Norte (R$ 642 milhões).

Minas Gerais é o estado que mais gastou com acidentes de trânsito em 2018, desembolsando R$ 1,2 bilhão, cerca de 12% do dinheiro total gasto na federação, equivalente a mais do que todo o dinheiro gasto no Centro-Oeste. O estado que menos gastou, por sua vez, foi o Amazonas, com R$ 23 milhões. Confira abaixo tabela com gastos detalhados por região e estado brasileiro: 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários