homem
Reprodução/TV Globo
Marcelo Gonçalves Dias foi baleado no rosto em tentativa de assalto e morreu nesta sexta-feira (6)

Na tarde desta sexta-feira (6), Marcelo Gonçalves Dias morreu após ser baleado na cabeça em tentativa de assalto no Ipiranga, Zona Sul de São Paulo. Acompanhado do filho de dois anos, o fisioterapeuta passava pela rua quando foi baleado.

Leia também: Avó joga água fervendo em neto de 9 anos por mau comportamento

Marcelo estava voltando para casa após buscar o menino na escola e foi abordado por dois homens que assaltavam outro veiculo na Rua Guinle, Ipiranga. A vítima não seguiu a ordem, acelerou e os criminosos atiraram em sua direção. Apenas o pai ficou ferido.

Em seguida, os dois homens fugiram e assaltaram um terceiro veículo, mas, logo em seguida, foram interceptados pela polícia. As informações são do G1 .

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, um homem de 18 anos foi preso em flagrante por tentativa de latrocínio, roubo e porto ilegal de arma de fogo. Ele foi direcionado ao 95º DP, em Heliópolis, onde a ocorrência foi registrada. No 6º DP do Cambuci, responsável pela área do crime, as investigações seguem para encontrar o outro autor do crime.

Leia também: Após protestos, Prefeitura de São Paulo assina contratos de licitação de ônibus

Marcelo será velado na tarde deste sábado (7) na sede do Clube Atlético Ypiranga, onde atuava como conselheiro. O corpo deverá ser cremado no domingo (8) no Crematório da Vila Alpina.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários