Tamanho do texto

Além de torturar a mulher durante 12 anos, agressor estuprou a filha dela.

IstoÉ

Mulher de 40 anos era torturada por 12 anos arrow-options
shutterstock
imagem genérica estupro


Um homem de 51 anos foi preso por sequestro e cárcere privado da esposa, de 40 anos. Ele a torturou, humilhou e ameaçou de morte, segundo o site BHAZ. O homem também é suspeito de agredir a mulher há 12 anos e estuprar a enteada, hoje com 18 anos, quando era criança. O caso ocorreu em Belo Horizonte.

Leia também: "Acabou a palhaçada" da violência contra a mulher no Brasil, garante Damares

 De acordo com o BHAZ , o caso foi descoberto pela Polícia Militar na noite de terça-feira (20), após a filha da mulher torturada conseguir comunicar uma irmã da vítima. As torturas começaram na última segunda-feira (19) quando o homem abriu uma bíblia e obrigou que a mulher se ajoelhasse para confessar uma suposta traição, mas ela negou e ele passou a agredi-la.

O acusado deu tapas, socos e ameaçou a vítima com uma faca. No entanto, ele amarrou mãos e pés da esposa, a deixando no sofá. Ele também ameaçou uma vizinha que percebeu as agressões.

Leia também: Homem declara "ego masculino ferido" ao assumir agressão a esposa em SP

 Após a chegada da PM, a mulher disse que é agredida há 12 anos pelo marido e que não denunciou por medo de retaliações. A filha dela acusou o homem, seu padrasto, de estupro na infância.