Tamanho do texto

Animal morreu seis horas após nascer em fazenda da cidade de Ametista do Sul, no Rio Grande do Sul. Imagens dele foram divulgadas nas redes

Bezerro com duas cabeças arrow-options
In foco RS / Facebook / Reprodução
Imagens do animal de duas cabeças foram divulgadas em vídeo pela imprensa local de Ametista do Sul

Um caso raro de um bezerro de duas cabeças foi registrado em uma fazenda da cidade de Ametista do Sul, no Rio Grande do Sul, na última terça-feira (13). A cidade de pouco mais de sete mil habitantes fica localizada a cerca de 400 quilômetros da capital Porto Alegre.

Leia também: Bezerro "mutante" nasce com pata extra nas costas e faz sucesso na China  

Imagens do animal ainda vivo foram registradas pela imprensa local e divulgadas nas redes sociais. Como a mutação era grave, a expectativa inicial é de que ele precisasse ser eutanasiado ou não sobrevivesse. Seis horas após o nascimento, o animal perdeu os sinais vitais.

A família dona da fazenda na qual o animal nasceu mora em área rural e só cria animais para consumo próprio. O corpo do bezerro foi enterrado dentro da propriedade. Mutações do tipo são raras e ocorrem, geralmente, após o cruzamento de membros da mesma família.