Tamanho do texto

Fortes chuvas desta quarta-feira causaram a morte de 13 pessoas na Grande Recife; diversos locais ficaram inundados e até um jacaré foi achado nas ruas

Chuva Grande Recife arrow-options
Genival Paparazzi / Parceiro / Agência O Globo
Chuvas dos últimos dias causaram a morte de 12 pessoas e trouxeram diversos transtornos para a cidade

As fortes chuvas que caíram sobre o Grande Recife nesta quarta-feira (24) deixaram 13 mortos , sendo cinco em Abreu e Lima, cinco na capital pernambucana e três em Olinda, em decorrência de deslizamentos.

Leia também: Mãe de pastor morto ataca Flordelis: "Nora que é nora não faz isso"

Entre as vítimas no bairro Caetés, está a jovem Maria Eduarda da Silva Santos, de 21 anos, grávida de 8 meses. O corpo dela foi o último a ser encontrado, por volta das 23h30. Maria Eduarda seria mãe pela primeira vez.

O pai dela, Silvano Luiz dos Santos, de 49 anos, e os irmãos Luiz Eduardo da Silva Santos, de 15 anos, e Mariana da Silva Santos, de 18 anos, também morreram no deslizamento. A família, natural de Camocim de São Félix, cidade que fica a 115 km de distância de Recife , tinha se mudado para Abreu e Lima em 2011.

A quinta vítima neste município foi identificada como Adalmir Ferreira dos Santos, de 53 anos, que era vizinho da família e estava desempregado. Ele estava sozinho em casa.

O casal Natalicio Vicente da Silva, 69 anos, e Ivonete Maria da Silva, 63 anos, vivia no local há cerca de quatro anos. De acordo com vizinhos deles ouvidos pelo "G1", os idosos se mudaram para se proteger de deslizamentos. Os corpos deles foram encontrados um ao lado do outro.

O motorista Josafá Barbosa da Costa, de 34 anos, morava numa casa que desabou devido às chuvas. O pai dele, José Barbosa, contou ter corrido em direção ao local logo após ter ouvido um estrondo, mas, ao chegar, já encontrou tudo destruído. Ele disse que vive na localidade Córrego do Curió há 22 anos e ressaltou que depois deste episódio vai se mudar.

Leia também: Jacaré é capturado por moradores durante fortes chuvas no Grande Recife

A moradora Iraci Maria da Conceição, de 78 anos, não conseguiu ir para um local seguro a tempo, como fizeram seu marido e seu filho. A idosa morreu na Rua Aquarela, onde vivia.

Nas proximidades, morreu Abraão Batista da Silva, de 25 anos, que morava na Rua Arcoverde. O irmão dividia com ele um barraco feito de lona, mas não estava no local quando a barreira deslizou, segundo vizinhos.

As vítimas que morreram devido aos deslizamentos na Estrada do Passarinho, em Olinda , foram identificadas como Diego Luiz Oliveira Nascimento, de 33 anos, e Elizângela Alves da Silva, de 43 anos. Ainda não há mais informações sobre eles.