Tamanho do texto

José Crespo (DEM) apresentou atestado em que o médico determina "repouso domiciliar" por 14 dias. Ele responde 4 inquéritos da Polícia Civil

IstoÉ

josé crespo arrow-options
Divulgação
De licença médica, prefeito de Sorocaba José Crespo (DEM) foi visto em restaurante no Uruguai

Uma moradora de Sorocaba (SP) encontrou o prefeito da cidade, José Crespo (DEM), em um restaurante em Montevidéu, no Uruguai, no último domingo (7). O encontro foi dias depois dele apresentar à Câmara dos Vereadores um atestado médico para se afastar da prefeitura. As informações são do G1 .

Leia também: Suzane Von Richthofen seduziu promotor e médico na cadeia, revela repórter

O atestado foi emitido no dia 3 de julho, em São Paulo, e o médico determina que ele deve “permanecer em repouso domiciliar” por 14 dias, ou seja, até 17 de julho. No atestado, o médico não coloca a CID, que é a classificação internacional de doenças.

O documento foi protocolado na Câmara no último dia 5. Antes disso, no dia 3, ele deveria ter prestado depoimento à CPI da Câmara , mas alegou que precisava passar pelo médico em SP.

Leia também: Número de baleados dentro de casa no Rio cresce 83% no primeiro semestre de 2019

Nesta quinta-feira (11) ele também era esperado para depor na Câmara, mas não compareceu por conta do “repouso domiciliar” determinado pelo médico.

A moradora que encontrou o prefeito disse que ele estava passeando com a mulher no Mercado do Porto, na capital uruguaia. O registro foi feito quando o casal parou em uma lanchonete.

Em nota, a prefeitura disse que, “por se tratar de questões de cunho pessoal do prefeito José Crespo, não tem conhecimento do fato apontado pela reportagem”.

Leia também: MS: Ministério Público investiga se polícia deixa de socorrer indígenas

Crespo é investigado em quatro inquéritos da Polícia Civil e em uma Comissão Processante da Câmara dos Vereadores.