Tamanho do texto

Explosão aconteceu no dia 30 de maio, em Goiás, mas imagens das câmeras de segurança só foram disponibilizadas pela empresa uma semana depois

explosão
Divulgação
Explosão em galpão de reciclagem deixou dois mortos e quatro feridos

A explosão que resultou na morte de dois trabalhadores e deixou mais quatro feridos em um galpão de reciclagem de Aparecida de Goiânia, em Goiás, no dia 30 de maio, foi causada por gás de desodorante aerosol. A conclusão da polícia chegou junto às imagens das câmeras de segurança, divulgadas uma semana após o acidente.

Nas imagens, é possível observar as duas vítimas fatais trabalhando no momento em que acontece a explosão . Ambos morreram na hora.


O superintendente da Polícia Técnico-Científica (SPTC), Marcos Egberto Brasil de Melo, divulgou, os laudos periciais sobre o incêndio que atingiu a empresa Eco-VR Valorização de Resíduos Ltda., no Setor Santa Luzia.

A investigação também é conduzida pelo delegado Diogo Barreira, da 7ª DDP de Aparecida de Goiânia, responsável pela apuração das causas da explosão .