Tamanho do texto

Carlos Alberto Moreira Lins chegou a ser socorrido, mas não resistiu; voo havia saído de Madrid, na Espanha, e seguia para Montevidéu, no Uruguai

Carlos Alberto Moreira Lins
Divulgação/ PF-PE
Carlos Alberto Moreira Lins chegou a ser socorrido, mas não resistiu

Um homem, de 72 anos, morreu após passar mal durante um voo que fez um pouso de emergência no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, na madrugada desta segunda-feira (20). O uruguaio Carlos Alberto Moreira Lins chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

O voo da companhia Iberia havia saído de Madrid, na Espanha, e seguia para Montevidéu, no Uruguai. De acordo com a Polícia Federal, o uruguaio que passou mal foi levado de ambulância para uma UPA-Unidade de Pronto Atendimento da Imbiribeira.

Leia também: Passageiro filma pane que obrigou avião a forçar pouso no Galeão; assista

O corpo do estrangeiro deve passar por uma perícia tanatoscópica com o objetivo de apontar qual foi o verdadeiro motivo de sua morte. Segundo a PF, a corporação pode abrir uma investigação caso haja suspeita de a morte ter uma conotação criminosa e que tenha ocorrido ainda dentro da aeronave.