PF cumpriu dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão nesta segunda-feira
Arquivo/Agência Brasil
PF cumpriu dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão nesta segunda-feira

Polícia Federal (PF) cumpre nesta segunda-feira (29) dois mandados de prisão e cinco de busca e apreensão para apurar o vazamento de informações durante a Operação Homônimo, deflagrada em abril de 2018. A Receita Federal também participa das ações.

Leia também: Vídeo de ladrão brasileiro enganando a polícia viraliza na internet; assista

Segundo a PF , membros de uma das organizações criminosas que faziam contrabando de cigarros tiveram acesso a informações sigilosas.

Você viu?

Contrabando de cigarros

A Operação Homônimo foi realizada no ano passado com o objetivo de desarticular duas organizações criminosas em quatro estados especializadas em contrabando de cigarros do Paraguai. Na ocasião foram apreendidos mais de 4 milhões de maços de cigarro. Também foram efetuadas 17 autos de prisões em flagrante.

Leia também: Idosa morre por queda de árvore no litoral de São Paulo

A PF estimou em R$ 14 milhões o prejuízo aos cofres públicos com os tributos sonegados. Um policial militar chegou a ser preso preventivamente. A PM, que vinha acompanhando os trabalhos, participou da detenção do integrante da corporação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários