Tamanho do texto

Obras para reparar ponte que cedeu em novembro passaram por teste com caminhões betoneira neste sábado e tráfego foi liberado com dois meses de antecedência; rodízio municipal naquele trecho da via volta a valer no dia 25

Técnicos da Prefeitura de São Paulo usaram caminhões betoneira para testar viaduto da Marginal Pinheiros
Divulgação/Prefeitura de São Paulo
Técnicos da Prefeitura de São Paulo usaram caminhões betoneira para testar viaduto da Marginal Pinheiros

Foi liberado para a circulação de carros e caminhões, neste sábado (16), o viaduto que havia cedido na Marginal Pinheiros, zona oeste de São Paulo, em novembro do ano passado. A liberação da via estava inicialmente prevista para o dia 15 de maio, mas o prefeito Bruno Covas (PSDB)  já havia antecipado os planos para março e ganhou hoje o respaldo de testes realizados na via.

Técnicos supervisionados pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras estacionaram cerca de 50 caminhões betoneira sobre o viaduto para avaliar a resistência da ponte, que havia cedido cerca de 2 metros no dia 15 de novembro. 

Durante as obras realizadas nos últimos quatro meses na Marginal Pinheiros , o trânsito foi interrompido em cima do viaduto e os veículos com destino à Rodovia Presidente Castello Branco foram desviados para caminhos alternativos – o que provocou congestionamento na região durante todo o período.

Leia também: Obras em viaduto que tombou em SP vão levar cinco meses e custarão R$ 30 milhões

Nesses quatro meses, o rodízio municipal esteve suspenso no trecho entre a Avenida dos Bandeirantes e a Ponte dos Remédios e transposições (passagem de uma pista à outra) ampliadas.  De acordo com a Prefeitura de São Paulo , o rodízio será retomado no próximo dia 25 e valerá tanto para veículos leves como pesados.

Já a circulação de táxis com ou sem passageiros pelos corredores exclusivos de ônibus Campo Limpo/Rebouças/Centro, Santo Amaro/Nove de Julho/Centro e Berrini, que havia sido liberada em qualquer dia e horário da semana desde 27 de novembro de 2018, voltará a ser restrita nesses locais. 

Leia também: Prefeitura de São Paulo e DER sabiam sobre danos no viaduto que cedeu desde 2012

Com a liberação ao tráfego geral pelo viaduto , a circulação pelo sentido Castello Branco da Marginal do Rio Pinheiros volta à normalidade. A Engenharia de Campo da CET segue monitorando as condições de trânsito, a favor da segurança viária dos usuários.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.