Tamanho do texto

Suspeito de balear e matar Matheus dos Santos Lessa, de 22 anos, foi preso pela polícia na noite desta quarta-feira (16), na zona oeste do Rio de Janeiro

Suspeito de matar jovem que tentou proteger a mãe é preso em flagrante, no Rio de Janeiro
Reprodução/ TV Globo
Suspeito de matar jovem que tentou proteger a mãe é preso em flagrante, no Rio de Janeiro

Um homem de 26 anos, suspeito de ter assassinado Matheus dos Santos Lessa, foi preso na noite desta quarta-feira (16), segundo informou a Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro. Matheus foi morto, aos 22 anos de idade, após ser baleado ao tentar proteger a mãe durante um assalto na Barra de Guaratiba , na zona oeste da capital fluminense.

O crime aconteceu na última terça-feira (15), no mercado da família da vítima. O suspeito preso na noite de ontem estava acompanhado de outro criminoso. A dupla exigiu o dinheiro do caixa e ameaçou a mãe da vítima, Carla Cristina Rodrigues Santos, após terem furtado todo o dinheiro. Foi nesse momento que Matheus se jogou na frente da mãe e foi baleado. O jovem chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande, também na zona oeste do  Rio de Janeiro

O suspeito foi preso pela Delegacia de Homicídios (DH) e identificado como Leonardo Nascimento dos Santos. Apesar de negar o crime, o acusado foi reconhecido pela mãe da vítima como o autor dos disparos que acertaram o pescoço e as mãos do jovem.

Leia também: Brasil bate recorde de mortes violentas com mais de 63 mil casos em 2017

De acordo com a Polícia Civil, as investigações continuam em busca da identificação e da prisão de outros foragidos que podem ter participado da ação. A delegacia procura agora ouvir testemunhas e encontrar imagens que possam ajudar a encontrar os assaltantes. O mercado não possuía câmeras de segurança e as câmeras dos vizinhos estavam desligadas.

Jovem de 22 anos morreu após ser baleado dentro do mercado em que trabalhava, na zona oeste do Rio de Janeiro
Reprodução/ Facebook
Jovem de 22 anos morreu após ser baleado dentro do mercado em que trabalhava, na zona oeste do Rio de Janeiro

Segundo a família, Matheus havia acabado de se formar em psicologia e se preparava para a cerimônia de conclusão do curso. O enterro do jovem acontece nesta quinta-feira (16), às 13h30, no Cemitério de Campo Grande, na zona oeste.

Na manhã desta quarta-feira (16), os moradores da região onde aconteceu o assalto se juntaram para homenagear o jovem, colocando velas, flores e um bilhete na porta do estabelecimento onde a vítima foi baleada.

Leia também: Bandidos explodem bomba em estação de metrô e queimam agência bancária no Ceará

Uma mulher que havia sido atendida por Matheus no mercado na zona oeste do  Rio de Janeiro  prestou apoio à família nas redes sociais. "Estou arrasada, já chorei muito. Eu comprei água com ele ontem, não o conhecia, mas 5 minutos que fui bem atendida, menino educado. Triste mesmo! Que Deus conforte o coração dessa família", escreveu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.