Tamanho do texto

Policiais do Batalhão Tobias de Aguiar visitaram escolas da rede pública de São Paulo para conversar com alunos e passar lição de caráter e cidadania

Policiais de ROTA visitaram escolas e conversaram com alunos em São Paulo
Divulgação/ROTA
Policiais de ROTA visitaram escolas e conversaram com alunos em São Paulo

A segurança e seriedade no olhar de Policiais do Batalhão Tobias de Aguiar  encontrou complemento no sorriso infantil de crianças da Grande São Paulo. A arma manuseada com destreza tornou-se aliada do lápis de cor usado ainda sem muita técnica pelos jovens estudantes do ensino básico. É com esse espírito de 'troca de figurinhas' que a ROTA lançou iniciativa inovadora nesta semana, visitando escolas para levar ensinamentos de caráter e cidadania para as nossas crianças e adolescentes.

Leia também: O que policiais da ROTA fazem? Salvam vidas

O projeto levou nesta sexta-feira (25) a equipe de ROTA comandada pelo Sargento PM Cleiton a uma escola no Campo Limpo, bairro da zona sul de São Paulo. O intuito dessa iniciativa não é passar sermão para os jovens alunos, com idades entre 3 e 17 anos, mas sim conversar amigavelmente com os estudantes e mostrar a eles como vale mais a pena tomar como heróis aqueles que defendem as leis em vez dos criminosos que promovem a violência que devasta nossa sociedade.

Outro objetivo é estimular a proximidade e a confiança das novas gerações na Polícia Militar. "O Policial também possui filhos que vão para a escola. Nossos PMs conhecem muito bem a rotina e as dificuldades que um pai e uma mãe possuem no seu dia a dia para manter e educar uma família, eles passam pelas mesmas situações. Queremos mostrar para estas crianças que o Policial é um cidadão igual ao pai e mãe deles, mas que seu trabalho é tomar conta das pessoas, impedir que coisas ruins aconteçam. Explicamos para os estudantes que não fazemos isso de qualquer forma, temos que proteger as pessoas seguindo várias regras que se chamam leis. A ROTA sempre foi adorada pelas crianças, respeitada pelas pessoas de bem e temida pelos bandidos. Este é um fato e um lema antigo que usamos.", explica o Comandante da ROTA, Ricardo Mello Araújo.

Leia também: ROTA - “86 Tons de Preto e Branco”

"É uma experiência inesquecível poder transmitir para as crianças que a Policia está do lado da sociedade de bem. É gratificante colocar na formação delas o quanto a PM e a ROTA são importantes", conta o Sargento Cleiton, que esteve acompanhado na visita ao colégio EAG pelos Cabos Isaías, Vitor e De Paula.

Os Policiais abriram as portas da viatura para as crianças e explicaram um pouco sobre suas rotinas de trabalho e responderam às perguntas dos estudantes. O Sargento Cleiton disse que em função da faixa etária, as perguntas eram completamente diferentes. Alguns grupos ficavam fascinados com os uniformes, outros não desgrudavam da viatura, entravam e não queriam sair mais. Alguns adolescentes perguntaram se daria para dar uma volta com a nossos carro de policiamento.

"Havia alunos desde o ensino infantil ao ensino médio. Então a gente teve que responder um pouco sobre tudo. Para os mais novos, era mais importante falar sobre a Polícia Comunitária, que o papel deles é conhecer e conversar com as pessoas que moram e trabalham na região, para poder ajudá-las se for preciso . Com os adolescentes foi mais um bate-papo sobre como é o trabalho do Policial. Passamos várias orientações como a importância de não reagir a assaltos porque a vida deles é sempre mais importante que qualquer bem material", relatou o Policial.

Pai de duas crianças (Maria Eduarda, de 11 anos de idade; e Pietro, de 5 anos), o Sargento Cleiton reconhece que a tarefa desta sexta-feira foi facilitada pela sua experiência com os pequenos. A idade de sua filha mais velha, aliás, é também o tempo que ele presta serviços à Polícia Militar de São Paulo – sendo cinco anos dedicados à ROTA.

Leia também: ROTA invade tribunal e resgata ex-presidiário

"A gente está preparado para qualquer situação. Seja para lidar com o público ou para enfrentar criminosos, a nossa formação é completa e nos habilita a estar próximos e ajudar qualquer cidadão, e ao mesmo tempo combater o crime", finaliza o Sargento Cleiton.

Veja mais imagens da visita dos Policiais de ROTA em escola de SP: