Tamanho do texto

Duas ocorrências nesta terça-feira mostraram que o crime não vai ter perdão quando os Policiais do Segundo Batalhão de Choque estiverem pela capital

Se existe uma coisa que você pode ter certeza é que a ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas) não vai baixar a guarda contra criminalidade. Cometer qualquer tipo de infração é sempre um sinônimo de problemas com os escudeiros da lei do Segundo Batalhão de Choque .

Leia também: ROCAM não facilita vida do crime e prende gerente do tráfico na zona leste de SP

A Rocam ficou conhecida pela sua eficiência e agilidade no cumprimento de suas missões
Divulgação
A Rocam ficou conhecida pela sua eficiência e agilidade no cumprimento de suas missões

Duas ocorrências de equipes de ROCAM nessa terça-feira (15) mostraram que os Políciais Militares estão atentos e vão até o fim para deter os suspeitos que atormentam o cidadão de bem, a maior vítima dos criminosos. Entenda:

Ocorrência 1: Hora extra contra o crime

Talvez você já tenha ouvido dizer que assim como um médico é médico o dia todo, um Polícial é Policial em tempo integral. Você já vai entender essa colocação, explicarei fato a fato essa ocorrência.

As equipes da ROCAM 510 formada pelo Sargento Gomes, Cabo Jocélio, Soldado Everton e ROCAM 302 formada pelo Cabo Cláudio e Soldado Matias já voltavam para o Batalhão no fim da noite dessa terça-feira quando desconfiaram de um carro com quatro homens.

"Os nossos homens estavam pela Avenida do Estado e suspeitaram desse carro. Realizamos a abordagem e descobrimos que o motorista era apenas um Uber e que estava trabalhando. Porém, os outros três homens tinham pedido o serviço de locais diferentes e as histórias não batiam", revelou o Tenente Correa Leite.

Leia também: ROCAM prende suspeito com R$ 70 mil de roubo na região do Morumbi em SP

Aparelhos de celular apreendidos pela ROCAM
Divulgação/ROCAM
Aparelhos de celular apreendidos pela ROCAM

Durante a revista pelo carro, os PMs acabaram encontrando uma sacola com cinco aparelhos de telefone. "Apenas um dos celulares estava com chip e os outros estavam todos desligados. Nesse celular com chip nos conseguimos contatar a família da possível vítima que acabou confirmando que ele era, realmente, um produto de furto. Mais tarde, a vítima foi até o DP e acabou reconhecendo os assaltantes", revelou o Tenente.

Os suspeitos afirmaram que estavam indo para região central da capital onde iriam vender os aparelhos na rua Guaianases e que eles eram todos produtos de furto e roubo. "O motorista do Uber nem sabia, mas levava criminosos", diz o Tenente.

A viagem do Uber que esses criminosos pegaram acabou sendo direto para a cadeia. A ROCAM pagou a corrida! Dois maiores e um menor foram encaminhados para o 8º Distrito Policial.

O destaque dessa ocorrência fica por conta dos PMs que já voltavam para o Batalhão após mais um dia de trabalho, mas não baixaram a guarda e acabaram pegando criminosos com produtos de roubo.  "A gente já voltava para encerrar o plantão e pegamos essa ocorrência. Passamos madrugada a dentro, mas é nossa função e mostra o nosso comprometimento com o trabalho", finaliza o Tenente Correa Leite.

Leia também: ROCAM prende suspeito após perseguição em São Paulo

Ocorrência 2: na contramão contra o crime

A equipe da ROCAM formada pelo Cabo Edison, Cabo Menechini, Soldado De Lima e Soldado Fernando realizava um patrulhamento de rotina pela avenida Assis Chateaubriand quando recebeu pelo rádio a informação que um carro envolvido em roubo estava pela área.

"A nossa equipe estava próxima a Ponte da Casa Verde e quando o COPOM avisou que eles estavam ali, entramos na contramão e acabamos dando de frente com o veículo suspeito. Eles pararam o carro com tranquilidade e não reagiram, até achei que podia ser alguma erro, já que eles estavam bem tranquilos. Mas quando fomos fazer as buscas, nós encontramos uma pistola com o motorista e o carona acabou confirmando que eles tinha roubado vários carros", revelou o Cabo Edison ao iG.

Sem perdão contra o crime, ROCAM prende integrante de facção criminosa
Divulgação/ROCAM
Sem perdão contra o crime, ROCAM prende integrante de facção criminosa

Dentro do carro que estava com os suspeitos, os Policiais ainda encontraram mais algumas chaves de veículos que os criminosos não souberam explicar de onde vinham. "Nós acabamos encaminhando os dois para o 13º Distrito Policial. Quando chegamos lá, três vítimas foram para o DP e reconheceram eles como autores dos roubos. Uma das vítimas era dono de um estacionamento e tinha até as imagens que mostravam os dois homens cometendo os roubos no estabelecimento", afirmou o Cabo.

Os criminosos ficam à disposição da Justiça para responder pelos crimes praticados. Um deles era conhecido e fazia parte de uma facção criminosa.

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

A ROCAM

Criada em 1982 com o objetivo de dar maior agilidade ao combate ao crime de roubo de veículos e pedestres no intenso trânsito de São Paulo, a tropa ficou conhecida pela sua eficiência e agilidade no cumprimento de suas missões. O Batalhão de Choque iniciou o ano de 2017 com a aquisição das modernas motocicletas Triumph Tiger 800XCx.

Leia também: ROCAM prende traficante do cartel colombiano procurado pela INTERPOL

Após vencer a licitação pública para fornecimento de motocicletas acima de 600cc, a tradicional montadora inglesa já entregou o primeiro lote de 86 Tiger 800 XCx que já estão com a ROCAM patrulhando as ruas de São Paulo e combatendo a criminalidade. Além da venda, o programa da Triumph inclui um programa de pós-venda e treinamento especializado em pilotagem para os Policiais.

ROCAM representa agilidade no combate ao crime na capital do Estado
Reprodução
ROCAM representa agilidade no combate ao crime na capital do Estado