Tamanho do texto

Ação é possível por conta do sistema DEJEM que permite que os oficiais utilizem os horários livres para patrulhar importantes espaços públicos

Da esquerda para a direita: João Carlos de Souza Meirelles - Secretário de Energia e Mineração, Governador Geraldo Alckmin, Secretário da Segurança Pública Mágino Alves Barbosa Filho, Coronel Joselito Sarmento de Oliveira Jr - Chefe da assessoria militar de Segurança Pública, Coronel Nivaldo Restivo - Comandante Geral da Polícia Militar de SP, Ricardo Salles - Secretário do Meio Ambiente, Coronel Alberto Sardilli - Comandante da Polícia Militar Ambiental
André Jalonetsky
Da esquerda para a direita: João Carlos de Souza Meirelles - Secretário de Energia e Mineração, Governador Geraldo Alckmin, Secretário da Segurança Pública Mágino Alves Barbosa Filho, Coronel Joselito Sarmento de Oliveira Jr - Chefe da assessoria militar de Segurança Pública, Coronel Nivaldo Restivo - Comandante Geral da Polícia Militar de SP, Ricardo Salles - Secretário do Meio Ambiente, Coronel Alberto Sardilli - Comandante da Polícia Militar Ambiental

O governo do Estado de São Paulo anunciou que, à partir do próximo mês, policiais da grande São Paulo irão patrulhar os parques urbanos da cidade em seus dias de folga através da Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial-Militar (DEJEM), criada pela Lei Complementar 1.227, de 19 de dezembro de 2013. Com isso, alguns parques da cidade terão sua segurança reforçada por oficiais. 

A DEJEM permite que policiais militares façam voluntariamente diárias extras de oito horas durante seus dias de folga. A lei limita que cada policial pode fazer até dez diárias por mês. Pelo trabalho, os militares recebem uma compensação financeira do estado: R$ 240,67 para oficiais e de R$ 200,56 para praças.

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

O Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Estado de São Paulo já se destaca por sua atuação na proteção dos recursos naturais, por meio de atividades preventivas e repressivas às infrações contra o meio ambiente, sendo uma de suas atividades desenvolvidas por meio do patrulhamento ostensivo que incluem os parques urbanos, orientando os frequentadores, estabelecendo a segurança pública local, fiscalizando o bom uso dos equipamentos e reprimindo atividades criminosas quando constatadas.

Segundo o Governo do Estado, a medida é para diminuir a violência. “Vamos ter maior número de policiais e nos pontos mais críticos. É um ganha-ganha: ganha o policial que vai receber a mais por mês e ganha a população por ter um maior número de policiais nos pontos mais críticos”, disse o governador Geraldo Alckmin, em comunicado oficial.

Segundo a Polícia Ambiental, as patrulhas nos parques urbanos sob responsabilidade da Coordenadoria de Parques Urbanos da Secretaria do Meio Ambiente representarão 480 novas vagas para sistema de DEJEM a um custo por parte do Estado de 3.840 UFESP/mês, equivalente a R$ 96.268,80 por mês. Em todo o estado de São Paulo, milhares de vagas já foram abertas e foram quase sempre sumariamente preenchidas.

Leia também: Polícia Militar Ambiental apreende balão no momento da soltura e evita crime

Da esquerda para direita: Coronel Joselito Sarmento de Oliveira Jr.- Chefe da Assessoria Militar de Segurança Pública , Dr. Godoy chefe da assessoria da Polícia Civil, Secretário de Segurança Mágino Alves, Coronel Nivaldo Restivo - Comandante Geral da PM de SP e Coronel Alberto Sardilli - Comandante da Polícia Militar Ambiental
André Jalonetsky
Da esquerda para direita: Coronel Joselito Sarmento de Oliveira Jr.- Chefe da Assessoria Militar de Segurança Pública , Dr. Godoy chefe da assessoria da Polícia Civil, Secretário de Segurança Mágino Alves, Coronel Nivaldo Restivo - Comandante Geral da PM de SP e Coronel Alberto Sardilli - Comandante da Polícia Militar Ambiental

A Polícia Militar Ambiental também informa que pretende abrir mais 200 vagas diárias por dia no sistema DEJEM. A intenção do comando são patrulhas em unidades de conservação ambiental em todo o estado.

Os parques urbanos que serão atendidos pela DEJEM
A PM Ambiental  divulgou quais os parques que receberam o efetivo extra de agentes. Confira a lista completa:

Água Branca – Zona Oeste
Alberto Löfgren – Zona Norte
Belém – Zona Leste
Cândido Portinari – Zona Oeste
Chácara Baronesa – Grande ABC
Gabriel Chucre – Carapicuíba/SP
Guarapiranga – Zona Sul
Jequitibá – Zona Oeste 
Juventude – Zona Norte 
Pomar Urbano – Ao longo da marginal pinheiros
Várzea do Embu – Embu Guaçu/SP 
Villa-Lobos – Zona Oeste

Leia também: Polícia Militar Ambiental combate descarte irregular de resíduos em SP

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.