Tamanho do texto

Ordem partiu de criminosos em retaliação à operação da Polícia Civil que vitimou Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, que estava foragido

Traficante foi morto durante ação da Polícia Civil em Itaoca; criminoso estava foragido desde o dia 19 de junho
Divulgação
Traficante foi morto durante ação da Polícia Civil em Itaoca; criminoso estava foragido desde o dia 19 de junho

O comércio na Rua do Catete, na zona sul do Rio de Janeiro, foi fechado no início da tarde desta segunda-feira (26) após ordens de criminosos em retaliação pela morte do foragido Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family. O traficante, que estava escondido na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, foi morto hoje durante uma ação policial .

Segundo comerciantes da região, indivíduos passaram de moto avisando que as portas deveriam ser fechadas. O comércio da área próxima ao acesso ao Morro Santo Amaro, onde o traficante Fat Family comandava a venda de drogas, também está fechado.

LEIA MAIS: Fat Family cometeu o primeiro homicídio aos 15 anos

Fat Family foi morto em uma operação da Polícia Civil, na localidade de Itaoca, onde estão instaladas a maioria das antenas de transmissão das emissoras de rádio do Rio. O local é de difícil acesso e para se chegar à comunidade e é preciso percorrer uma estrada de terra batida.

Paradeiro

O traficante estava foragido desde o dia 19 de junho, quando foi resgatado por homens armados do Hospital Municipal Souza Aguiar , o maior pronto-socorro do Rio. O Disque Denúncia tinha recebido 238 denúncias sobre o esconderijo de Fat Family. Das 238 ligações, 55 apontavam a localização do esconderijo do traficante no Complexo do Salgueiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.