Tamanho do texto

Rapaz foi morto e dois policiais ficaram feridos durante a operação policial que resgatou mulher de 29 anos; negociações duraram mais de dez horas

Patrícia foi feita refém por mais de dez horas e foi agredida pelo ex-namorado; após o resgate, foi levada a um hospital
Reprodução/Globo News
Patrícia foi feita refém por mais de dez horas e foi agredida pelo ex-namorado; após o resgate, foi levada a um hospital

Uma mulher foi mantida refém pelo ex-namorado por mais de dez horas no bairro do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, nesta terça-feira (20). Patrícia, de 29 anos, foi resgatada por volta das 23 horas, numa operação policial que terminou com a morte do agressor.

Segundo a Globo News, a polícia decidiu entrar na casa onde ocorria o cárcere privado após descobrir que Fabiano fez um vídeo e mandou aos amigos dizendo que a ex-namorada era uma traidora e que tinha a intenção de matá-la.

Ainda segundo a emissora, foi possível ouvir um estrondo e gritos antes da intervenção da polícia. Patrícia foi encaminhada ao hospital Santa Marcelina, em Itaquera, e está ferida graças às agressões que sofreu do ex-namorado, mas passa bem. Dois policiais também ficaram feridos.

A invasão ocorreu por volta das 12h15. Patricia pediu a tia que chamasse a polícia quando percebeu que o ex-namorado Fabiano havia entrado na casa e aparentava estar alterado. A partir daí, as negociações começaram, mas sem sucesso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.