Tamanho do texto

Via contém semáforos nas cores verde e vermelho para alertar público de quando não houver risco de ressacas e rajadas de vento fortes no local

Segundo trecho da Ciclovia Tim Maia aberto ao público liga os bairros de São Conrado e da Barra da Tijuca, no Rio
Globo News/Reprodução 03.09.2016
Segundo trecho da Ciclovia Tim Maia aberto ao público liga os bairros de São Conrado e da Barra da Tijuca, no Rio

O segundo trecho da Ciclovia Tim Maia, ligando os bairros de São Conrado e da Barra da Tijuca, nas zonas sul e oeste do Rio de Janeiro, foi aberto neste sábado (3) a ciclistas e pedestres . A ciclovia acompanha o Elevado do Joá e complementa o trecho entre Leblon e São Conrado, que permanece fechado depois do desabamento que matou duas pessoas em 21 abril .

O novo trecho tem 3,2 quilômetros de extensão e dois acessos: um no fim da Praia de São Conrado, próximo ao pouso de asas-delta, e outro na Praia dos Amores, na extremidade da orla da Barra da Tijuca.

A prefeitura pretende reabrir o trecho fechado desde a tragédia e informa que depende apenas de um estudo do Instituto Nacional de Pesquisas Hidroviárias sobre o fundo do mar na região. Por enquanto, não há data prevista para a reinauguração.

LEIA MAIS:  Paes divulga dados de queda de ciclovia e adia abertura de nova via suspensa

Ressaca

Na última quinta-feira (1º), a prefeitura informou que a ciclovia tem um plano de contingência para ser fechada quando forem registradas ressacas e rajadas de vento fortes. O desabamento do outro trecho foi registrado em um período de ressaca, quando as ondas conseguiram alcançar a bandeja que sustentava a via.

O protocolo apresentado contará com o auxílio de outros órgãos. As condições marítimas serão monitoradas pela Marinha, que vai alertar o Centro de Operações da prefeitura sobre ressacas. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) fará alerta quando registrar rajadas de vento superiores a 75 quilômetros por hora (km/h).

LEIA MAIS:  Ciclovia que desabou será reformada pela mesma empresa que a construiu

Semáforos com sinal vermelho  vão impedir que público acesse as entradas da via dependendo das condições marítimas
Globo News/Reprodução 03.09.2016
Semáforos com sinal vermelho vão impedir que público acesse as entradas da via dependendo das condições marítimas


Se um desses critérios for constatado, a prefeitura entrará em estado de prontidão e poderá fechar a pista se os ventos superarem os 90 km/h ou se as ondas atingirem 2 metros de altura em períodos de pico iguais ou maiores que 15 segundos.

Nessas circunstâncias, será utilizado o plano de contingência da ciclovia, que prevê a utilização de semáforos com sinal vermelho e placas de bloqueio para impedir que ciclistas e pedestres acessem as entradas da via, na Praia dos Amores e na região onde pousam as asas-delta, na Praia de São Conrado. Segundo a prefeitura, os acessos poderão ser fechados em questão de minutos, porque o estado de prontidão deslocará agentes para o local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.