Tamanho do texto

Duas pessoas ficaram feridas e uma mulher morreu ao serem atingidos pela estrutura de casa que desabou; ventos derrubaram mais de cem árvores

Estadão Conteúdo

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas ao serem atingidas pelos escombros de uma casa que desabou durante um vendaval que atingiu o município de Águas de Lindoia, no interior de São Paulo, neste domingo (21). No bairro dos Pimentéis, os ventos chegaram a 160 quilômetros por hora, segundo estimativa da Defesa Civil .

A dona de casa Claudinéia Antunes, de 36 anos, dormia com o marido e a filha quando o telhado e paredes da casa vieram abaixo. Ela foi socorrida pelos familiares e vizinhos e levada a um hospital de Monte Sião (MG), município vizinho a Águas de Lindoia , mas não resistiu. Seu marido, José Alves, e a filha ficaram feridos, mas sem gravidade.

Mais de cem pessoas ficaram desabrigadas em Ribeira devido ao transbordamento de um rio na madrugada de domingo (21)
Reprodução
Mais de cem pessoas ficaram desabrigadas em Ribeira devido ao transbordamento de um rio na madrugada de domingo (21)

O vendaval destruiu também um dos galpões da granja de frangos da família e a carreta de um trator tombou com a força do vento. A passagem da ventania abriu uma clareira nas matas da região, derrubando cerca de cem árvores. Na cidade, parte da cobertura de um posto de combustível foi arrancada.

LEIA TAMBÉM:  SP tem agosto mais chuvoso em sete anos; frente fria faz temperatura despencar

O temporal com rajadas de vento atingiu também Campos do Jordão, na encosta da Serra da Mantiqueira. Nos bairros Capivari e Alto da Boa Vista, região turística da cidade, pelo menos 17 árvores desabaram e três delas atingiram residências. Ruas e avenidas ficaram interditadas e houve corte na energia.

Outras três casas ficaram destelhadas. De acordo com a Defesa Civil, apesar dos danos, as famílias não precisaram ser removidas dos imóveis. Não houve vítimas.

Enchente

No Vale do Ribeira, com a trégua dada pelas chuvas, as águas do Rio Ribeira de Iguape começaram a baixar nesta segunda-feira (22). Mesmo assim, em Ribeira, 104 pessoas ainda estavam fora de casa por causa do transbordamento do rio na madrugada de domingo.

Com a ponte do Rio Tijuco coberta pelas águas, a ligação entre Ribeira e Itirapuã Paulista continuava interditada. Em Eldorado, o nível do rio tinha chegado a 8,8 metros e baixou para 8,2 metros, mas ainda havia cinco famílias desabrigadas e três desalojadas, num total de 50 pessoas afetadas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.