Tamanho do texto

Nesta segunda-feira (22), o sistema frontal – que é o encontro de diferentes massas de ar – se afasta da região e o frio polar se intensifica, com ventos

Agência Brasil

Durante a madrugada, termômetros devem registrar 9 ºC, com maior sensação de frio por ventos
Chris Faga/ Fox Press Photo/ Estadão Conteúdo 21.06.2016
Durante a madrugada, termômetros devem registrar 9 ºC, com maior sensação de frio por ventos

A madrugada deste domingo (21) foi chuvosa na capital paulista, com volume médio de 24,4 milímetros (mm), segundo dados das estações meteorológicas do Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura (CGE). O número ficou próximo da média histórica registrada pelo CGE para o mês de agosto, de 25,3mm.

Durante a madrugada, de 0h45 até 3h05, toda a cidade ficou em estado de atenção para alagamentos. Segundo o CGE, áreas de instabilidade causadas pela passagem de uma frente fria associada a uma área de baixa pressão atmosférica atingiram a cidade e provocaram as chuvas.

LEIA MAIS: Exercícios no frio exigem cuidados especiais 

Este domingo será de céu predominantemente nublado, com chuvas intermitentes. Por causa da grande quantidade de nuvens e das precipitações, a temperatura não deve subir muito e a máxima deve ser de 17 graus Celsius (ºC). A umidade relativa do deve variar entre 60% e 98%.

Previsão

As baixas temperaturas devem continuar pelos próximos dias, segundo o CGE. Nesta segunda-feira (22),o sistema frontal – que é o encontro de diferentes massas de ar – se afasta do estado de São Paulo e o ar frio polar se intensifica na região.

Durante a madrugada, os termômetros devem registrar 9 ºC, com maior sensação de frio por causa dos ventos. A temperatura máxima não deve ultrapassar os 15 ºC, segundo o CGE. A umidade do ar deve variar de 55% a 98% e não há previsão de chuvas significativas, apenas garoa no fim da tarde.

A terça-feira (23) também será gelada na capital paulista. Na madrugada, os termômetros devem marcar temperaturas mínima de 8 ºC e máxima de 15 ºC, com o vento acentuando a sensação de frio. A umidade do ar deve variar entre 50% e 95% e não há previsão de chuva.