Tamanho do texto

Mineradora terá de refazer toda a documentação exigida por lei para poder retomar atividades. A Samarco disse desconhecer a decisão da Justiça

Justiça de Minas Gerais determinou liminarmente a suspensão das licenças ambientais  da mineradora em Mariana
Antonio Cruz/Agência Brasil
Justiça de Minas Gerais determinou liminarmente a suspensão das licenças ambientais da mineradora em Mariana

A Justiça de Minas Gerais determinou liminarmente a suspensão das licenças ambientais do Complexo Germano da Samarco, em Mariana. A decisão atende ao pedido do Ministério Público do Estado de Minas.

Na prática, a mineradora, que está com as operações embargadas na cidade desde a tragédia , terá de refazer toda a documentação exigida por lei para retomar as atividades, e não apenas esperar uma decisão do Conselho de Política Ambiental (Copam). 

Leia mais:  Ministério Público denuncia Samarco por desmatamento ilegal da Mata Atlântica

A Samarco disse desconhecer a decisão.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.