Tamanho do texto

Criminosos dispararam vários tiros para manter a polícia afastada e fugiram levando cerca de R$ 60 mil na cidade de Canas; nenhum bandido foi preso

Estadão Conteúdo

Agência ficou danificada e moradores estão sendo obrigados a se deslocar a municípios vizinhos para os serviços bancários
Reprodução/ Google Maps
Agência ficou danificada e moradores estão sendo obrigados a se deslocar a municípios vizinhos para os serviços bancários

Bandidos armados invadiram a região central da cidade de Canas, na região do Vale do Paraíba, no interior paulista, e explodiram o caixa eletrônico de uma agência do banco Bradesco na madrugada desta quinta-feira (18).

LEIA MAIS: Assaltos a empresas de valores estão ligados ao PCC, segundo Polícia Civil

A agência, a única da cidade, ficou danificada e os 4.387 habitantes estão sendo obrigados a se deslocar a municípios vizinhos para realizar serviços bancários. Os criminosos dispararam vários tiros para manter a polícia afastada e fugiram levando cerca de R$ 60 mil. Ninguém foi preso.

LEIA MAIS: População de Campinas mudou rotina após assalto a empresa de valores

Segundo a Polícia Civil, cápsulas recolhidas nas ruas indicam que os bandidos estavam armados com fuzis. Foi o quarto ataque a agências bancárias com explosivos somente neste mês no interior de São Paulo. Os outros aconteceram em Conchal, em São José dos Campos e em Planalto.

LEIA MAIS:  Criminosos rendem vigia de obra da Prefeitura e roubam retroescavadeira em SP

O banco Bradesco informou que avalia os danos ocorridos na agência de Canas para retomar o atendimento "o mais breve possível". Segundo a empresa, os clientes podem fazer transações num correspondente bancário instalado em estabelecimento comercial.