Tamanho do texto

Um peruano, uma colombiana e um venezuelano são acusados de roubar equipamentos fotográficos de jornalista também estrangeiro, em Ipanema

Agência Brasil

Mandado de prisão provisória foi expedido a pedido do Ministério Público Estadual, mas caso deve seguir para a PF
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL
Mandado de prisão provisória foi expedido a pedido do Ministério Público Estadual, mas caso deve seguir para a PF

Três turistas estrangeiros tiveram prisão decretada por suspeita de furtar equipamentos do jornalista australiano Brett Costello, na última quinta-feira (4). Um venezuelano, um peruano e uma colombiana são suspeitos de furtar câmeras e lentes profissionais em um bar de Ipanema, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro.

A prisão temporária de cinco dias foi decretada no domingo (7) pelo juiz titular da Vara do Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Paulo Mello Feijó, a pedido do Ministério Público Estadual. Com o avanço das investigações, o caso deve seguir para a Polícia Federal. 

LEIA MAIS: Suspeita de bomba próxima ao Aeroporto Santos Dumont causa confusão no Rio

Na decisão, o magistrado explica que os investigadores conta com imagens das câmeras de segurança do estabelecimento onde aconteceu o furto. Segundo ele, esse tipo de crime merece atenção, já que os acusados podem ter praticado outros furtos, com participação de outras pessoas.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.