Tamanho do texto

Vítimas de 14 e 15 anos foram dopadas e violentadas enquanto permaneciam trancadas com mais de 20 homens em cativeiro

Estadão Conteúdo

Mulheres protestam contra cultura do estupro, após denúncia de menina violada por 33 no Rio
Reuters
Mulheres protestam contra cultura do estupro, após denúncia de menina violada por 33 no Rio

Um estupro coletivo envolvendo duas adolescentes, de 14 e 15 anos, está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais. O crime aconteceu no último sábado (18) na cidade mineira de Machado, no sul do Estado. Na quinta-feira (23), quatro suspeitos foram detidos, enquanto um permanece foragido.

As adolescentes contam que foram dopadas e violentadas por mais de 20 homens enquanto permaneciam trancadas em uma casa durante todo o último final de semana. No local, a polícia encontrou colchões, um sofá, uma televisão, almofadas e garrafas vazias de bebidas alcoólicas.

A mãe de uma das vítimas contou que as meninas foram abordadas por homens armados quando caminhavam na rua. "Mostraram as armas e as levaram", disse. Segundo a mãe, as meninas listaram mais de 20 nomes de suspeitos de serem os estupradores e estão traumatizada desde que foram libertadas, na última segunda-feira (20).

Os quatro suspeitos detidos são menores de idade. O Conselho Tutelar acompanha o caso e o delegado Juliano Lago, responsável pela apuração, disse que é preciso aguardar os exames de corpo de delito e ouvir todos os envolvidos. "Seria prematuro dizer agora o que aconteceu", afirmou.