Tamanho do texto

Caso ocorreu no Complexo de Gericinó, em Bangu, zona oeste da cidade; na Penitenciária Talavera Bruce duas visitantes foram flagradas com dois celulares, carregadores e cinco chips

O Dia

Erva seca picada estava escondida nas partes íntimas de visitante de presídio em Bangu, no Rio
Divulgação
Erva seca picada estava escondida nas partes íntimas de visitante de presídio em Bangu, no Rio

Inspetores de segurança e administração penitenciária flagraram neste fim de semana visitantes com materiais ilícitos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. As apreensões foram detectadas através do scanner corporal e banquinho detector de metais.

A visitante Joyce de Souza Moreira Araujo foi flagrada com uma embalagem contendo erva seca picada, supostamente maconha, nas partes íntimas. Ela visitaria o interno Bruno Jardim Quintanilha, acautelado na Penitenciária Gabriel Ferreira Castilho (Bangu 3).

Já as visitantes Maria Lucia Rosa de Oliveira e Carmen Lucia Santos Rosa foram flagradas com dois aparelhos de celular, dois carregadores e 5 chips. Elas visitariam a interna Ana Lucia Rosa de Oliveira, presa na Penitenciária Talavera Bruce. Os casos foram encaminhados para a 34ª DP (Bangu).

Os dois celulares, os carregadores e os chips foram apreendidos na Penitenciária Talavera Bruce
Divulgação
Os dois celulares, os carregadores e os chips foram apreendidos na Penitenciária Talavera Bruce