Estadão Conteúdo

undefined
TV Globo / Reprodução
Menino mais velho não foi preso por ter menos que a idade mínima para ser detido, de 12 anos


Um menino de dez anos foi morto em um suposto tiroteio com policiais militares ocorrido na Vila Andrade, zona sul de São Paulo, na noite de quinta-feira (2). Outra criança, de 11 anos, que a acompanhava no veículo, foi detida e levada para prestar depoimento. 

De acordo com a PM, policiais faziam patrulhamento por volta das 19h15 na altura do número 835 da Rua José Ramon Urtiza quando viram um carro furtado na região. O motorista fugiu da abordagem e os agentes iniciaram perseguição, que só terminou após o veículo dos suspeitos colidir em um ônibus.

Os PMs, então, teriam se aproximado do carro, momento em que foram recebidos a tiros pelos suspeitos, de acordo com a corporação. Os policiais revidaram e atiraram contra os garotos. Um deles foi alvejado na cabeça e morreu no local. Uma arma calibre 38 foi apreendida.

O caso foi levado ao 89º DP (Portal do Morumbi), mas será investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo ainda não se manifestou sobre a ocorrência.

    Veja Também

      Mostrar mais