Tamanho do texto

Fogo atingiu 60 barracos na Brasilândia na noite desse domingo; 12 viaturas dos Bombeiros foram enviadas ao local

Estadão Conteúdo

A Defesa Civil trabalha com a hipótese de que uma fogueira possa o ter iniciado o incêndio
Reprodução/TV Globo
A Defesa Civil trabalha com a hipótese de que uma fogueira possa o ter iniciado o incêndio

Um incêndio destruiu 60 barracos de uma favela na Brasilândia, zona norte de São Paulo, na noite de domingo (1). Ninguém ficou ferido, mas 200 pessoas estão desabrigadas, segundo a Defesa Civil municipal.

O fogo começou na Rua Morro Crispim da Costa, perto da Avenida Deputado Cantídio Sampaio, por volta das 22h50, e tomou conta de parte das casas de madeira improvisadas da ocupação irregular. Os bombeiros enviaram 12 viaturas para controlar as chamas, que só diminuíram às 2h desta segunda-feira (2). A corporação continuava no local às 6h.

O motivo do incêndio ainda não foi revelado, porém, a Defesa Civil trabalha com a hipótese de que uma fogueira possa ter iniciado as chamas.