Tamanho do texto

Suspeito, que chegou a jogar gasolina no corpo da magistrada, foi cercado por policiais militares e se entregou após conversa

Agressor teria entrado pela saída do fórum, que não tem detector de metais, e incendiado escada
Rogério Gomes/Estadão Conteúdo
Agressor teria entrado pela saída do fórum, que não tem detector de metais, e incendiado escada

Um homem foi preso na tarde desta quarta-feira (30) depois de jogar gasolina em uma juíza e mantê-la refém dentro do Fórum do Butantã, na zona oeste de São Paulo.

Segundo informações da assessoria do Tribunal de Justiça, o agressor teria entrado pela saída do fórum, que não tem detector de metais, e incendiado uma escada. Depois, correu em direção a um dos corredores do prédio, onde encontrou a juíza Tatiana Moreira Lima, que foi feita refém.

Segundo a polícia, o suspeito chegou a jogar gasolina no corpo da magistrada. Ele foi cercado por policiais militares e, depois de uma breve conversa, se entregou.

A juíza foi levada para um hospital próximo e passa bem. O prédio foi evacuado para buscas, mas nenhum explosivo foi encontrado. O caso está sendo apresentado no 51º DP (Butantã).