Tamanho do texto

Por conta da demora dos trens, os passageiros desembarcaram e seguiram o caminho a pé, pelos trilhos e pela ciclovia

Raio teria atingido os trilhos entre as estações Pinheiros e Santo Amaro por volta das 16h30
Fernanda Labate/iG São Paulo
Raio teria atingido os trilhos entre as estações Pinheiros e Santo Amaro por volta das 16h30

A Linha 9-Esmeralda da CPTM teve problemas no final da tarde desta quinta-feira (18) após um raio atingir a rede da companhia. Os trens circulam com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Pinheiros e Santo Amaro. Às 19h46 a CPTM informou, pelo site, que a circulação de trens entre as estações Pinheiros e Cidade Jarim estava momentaneamente paralisada devido à presença de usuários na via. A companhia informou que o acionou o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte (Paese) para reforçar a circulação. 

Devido à demora nas estações e nos trens, passageiros acionaram o botão de emergência dos trens para desembarcar. Muitos optaram seguir o caminho a pé, pelos trilhos ou pela ciclovia da Marginal Pinheiros, que segue paralela à linha do trem

No Twitter, usuários relatam a lotação das estações e da demora para conseguir embarcar nos trens. Alguns chegam a dizer que a circulação está completamente parada. Um usuário relatou no Twitter por volta das 18h30 que a estação Hebraica estava fechada e que ninguém esclarecia a situação. Passageiros reclamam que chegaram a ficar uma hora parados dentro do trem.

Às 19h27, o Metrô operava normalmente com exceção da linha 5-Lilás, que circulava com velocidade reduzida entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro devido à forte chuva.

Veja mais fotos dos transtornos na linha 9-Esmeralda:





    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.