Tamanho do texto

Geraldo Alckmin, governador do Estado de SP, declarou em visita nesta quarta-feira que as obras já estão 53,4% executadas

Visita do governador Geraldo Alckmin marca encontro de escavações de túnel no Rodoanel Norte
Divulgação
Visita do governador Geraldo Alckmin marca encontro de escavações de túnel no Rodoanel Norte

O governador Geraldo Alckmin visitou nesta quarta-feira (17) as obras do Rodoanel Norte, no Jardim Peri, em São Paulo, onde comandou uma nova fase na qual houve a união de duas frentes, do sentido Leste e Oeste, do túnel 202, que agora terá extensão de 107 metros.

“Estamos com 4.800 trabalhadores nos seis lotes da asa norte do Rodoanel, que começa na Dutra, passa pelo Aeroporto de Cumbica e Fernão Dias e integra com a Bandeirantes. A obra está com 53,4% já executada”, declarou Alckmin.

Segundo o governador, que estava acompanhado pelo secretário estadual de Logística e Transportes, Duarte Nogueira, e diretores da Desenvolvimento Rodoviário S/A (DERSA), as obras irão tirar 18 mil caminhões das marginais Tietê e Pinheiros, diminuir custo de transporte para Cumbica e o Porto de Santos, além de reduzir de 6% a 8% a emissão de gases do efeito estufa.

O Rodoanel Norte terá 44 km de extensão e um trecho que prevê acesso à Rodovia Fernão Dias, além de uma ligação para o Aeroporto Internacional de Guarulhos. A abertura ao tráfego está prevista para começar no segundo semestre de 2017.

Segundo governador de SP, obra irá tirar 18 mil caminhões das marginais Tietê e Pinheiros
Divulgação
Segundo governador de SP, obra irá tirar 18 mil caminhões das marginais Tietê e Pinheiros