Tamanho do texto

Estrutura do viaduto foi danificada após acidente na Avenida dos Bandeirantes, no trecho que fica embaixo do elevado

Agência Brasil

Vinte e cinco linhas de ônibus tiveram de ser desviadas para vias marginais; trânsito ficou caótico
Renato S. Cerqueira/Futura Press
Vinte e cinco linhas de ônibus tiveram de ser desviadas para vias marginais; trânsito ficou caótico

Fechado para o tráfego de veículos desde a noite de sábado (13), o Viaduto Santo Amaro, importante via de escoamento do trânsito na zona sul da cidade de São Paulo, deve permanecer bloqueado por pelo menos 180 dias.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Infraestrutura Urbana da Prefeitura de São Paulo, nesta segunda-feira (15). Uma equipe técnica ainda avalia se a construção poderá ser recuperada ou terá de ser demolida.

A estrutura do viaduto foi danificada após um acidente na Avenida dos Bandeirantes, no trecho que fica embaixo do elevado. Dois caminhões bateram e um deles, que transportava combustível, pegou fogo. Com o forte calor, houve abalo na estrutura.

A Avenida dos Bandeirantes permaneceu totalmente interditada até a noite de domingo (14). Por volta das 20h, foram liberadas as faixas no sentido Imigrantes/Marginal. No lado oposto, a abertura ocorreu somente na madrugada desta segunda-feira (15).

Vinte e cinco linhas de ônibus tiveram de ser desviadas para vias marginais devido ao acidente, que gerou congestionamento em cascata em toda a região em torno da avenida na capital paulista.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.