Tamanho do texto

Crime aconteceu em Chiador, cidade que faz divisa com o Rio de Janeiro; político foi alvejado com pelo menos seis disparos

O Dia

Gumieri, que era empresário da cidade, deixa mulher e filhos; ele foi eleito pelo PT em 2012
Reprodução
Gumieri, que era empresário da cidade, deixa mulher e filhos; ele foi eleito pelo PT em 2012

O último dia de carnaval foi marcado por violência na cidade de Chiador, que faz divisa com o Estado do Rio de Janeiro, no interior de Minas Gerais. O prefeito do município foi assassinado com ao menos seis tiros por dois motoqueiros, na noite de terça-feira (9). Uma segunda pessoa que estava com o político ficou ferida e foi internada em estado grave.

De acordo com a Polícia Militar, Moisés da Silva Gumieri, de 36 anos, estava em uma festa no clube municipal quando dois homens se aproximaram e dispararam contra ele, por volta das 21h.

Gumieri foi baleado na cabeça e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A vítima que o acompanhava também foi socorrida e levada para a unidade médica, onde foi internada em estado grave.

Na fuga, um dos assassinos morreu após bater com sua moto em um muro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O segundo criminoso conseguiu fugir e não havia sido localizado pela polícia até a manhã desta quarta-feira (10).

Revoltados, moradores da cidade tentaram invadir a UPA da cidade para agredir o bandido que já estava morto. A PM precisou intervir para evitar a revolta. O corpo do prefeito foi encaminhado para a cidade de Três Rios, no Estado do Rio de Janeiro.

Empresário da cidade de cerca de três mil habitantes, Moisés da Silva Gumieri deixa mulher e filhos. Ele foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no primeiro turno das eleições de 2012. 

A Polícia Civil de Minas Gerais informou que uma equipe de investigadores foi enviada ao local para apurar o caso. A prefeitura ainda não informou a data do velório e do enterro do político.

FONTE/ O DIA

Relembre alguns dos crimes que chocaram em 2015:


    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.