Tamanho do texto

Após o crime, em Cabrália Paulista, a quadrilha conseguiu fugir e foi interceptada em Agudos

Criminosos explodiram vários caixas eletrônicos de um banco na cidade de Cabrália Paulista, no interior de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira. As primeiras informações dão conta de que após o roubo, nove suspeitos fugiram em um ônibus, alugado pelos bandidos em Sumaré. O coletivo foi interceptado na rodovia Marechal Rondon, a SP-300, no pedágio de Agudos.

Policiais cercam a praça de pedágio de Agudos para prender os criminosos
Reprodução/TV Globo
Policiais cercam a praça de pedágio de Agudos para prender os criminosos

De acordo com a Polícia Militar, cerca de 50 agentes fizeram um cerco contra a quadrilha. Um suspeito não quis se entregar e a PM precisou negociar a rendição sua rendição. O homem que estava armado com um fuzil, chegou a atirar contra os militares, mas ninguém se feriu. Após 3 horas de negociações o acusado se entregou. 

Por conta do ocorrido, a rodovia registrou mais de 5 quilômetros de retenção, mas o fluxo de carros já foi normalizado no local. 

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para desativar vários artefatos que foram encontrados com os criminosos no ônibus em Agudos e na agência bancária de Cabrália Paulista.

Os presos devem ser encaminhados à delegacia de Agudos.

Fonte/O Dia

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.