Tamanho do texto

Disputa por passageiros teria causado a briga entre os motoristas, que acabou em depredação, agressão e ameaças

O Dia

Taxistas e motoristas do Uber protagonizaram uma confusão na Lagoa e Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, no fim da noite de quinta-feira e madrugada desta sexta (29). A briga teve início em um posto de gasolina, onde um grupo de motoristas que atuam pelo aplicativo estavam estacionados esperando passageiros. O saldo foi veículos depredados, ameaças e tentativa de atropelamento. 

Dois carros que rodam pelo aplicativo foram depredados em posto de gasolina no Rio
Reprodução/Globonews
Dois carros que rodam pelo aplicativo foram depredados em posto de gasolina no Rio


Ambos os profissionais trocam acusações de quem teria iniciado a confusão. A chegada dos taxistas iniciou uma discussão e os motoristas do Uber disseram que foram ameaçados. Dois carros que rodam pelo aplicativo foram depredados. Já os taxistas disseram que foram ameaçados de morte, inclusive sendo intimidados com uma arma de fogo. Um condutor do Uber teria tentado atropelar os taxistas. 

Somente com a chegada da PM ao local a briga teria cessado, mas até um disparo teria sido feito para o alto por um policial para finalizar o tumulto, que foi parar na delegacia com ambas as partes prestando queixa. Ainda na noite desta quinta-feira (28), uma outra confusão teria ocorrido na frente do Aeroporto Santos Dumont. Um vídeo enviado para o WhatsApp do DIA (98762-8248), — e que teria sido filmado no mesmo dia — mostra taxistas na frente do terminal de desembarque e ameaçando quem trabalha pelo Uber.

"Isso aqui é a ação dos taxistas, força tarefa estão (sic) expulsando tudo que é Uber aqui. Aqui não tem mais ponto de Uber, não. Santos Dumont está 'babado'. Uber tem que rodar. Dançando e rodando. Taxista união. Santos Dumont não tem mais Uber. Se vier pra cá, vai arrumar 'caô'", diz o autor do vídeo.

FONTE/ O DIA