Tamanho do texto

Secretaria de Segurança afirma que houve crescimento no tipo de crime somente região; capital e interior registraram queda

O número de roubos de carga na Grande São Paulo aumentou 7,5% em maio de 2015 quando comparado ao mesmo período do ano passado. A informação foi divulgada pela Secretária de Segurança Pública do Estado, nesta quarta-feira (24).

O secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, que exaltou melhoras nas investigações
MARCELLO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL
O secretário de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, que exaltou melhoras nas investigações

A região, que abrange a capital paulista e outros 38 municípios em seu entorno, teve um total de 172 casos ao longo do mês, 12 a mais do que os 160 registrados em maio de 2014. Apesar disso, os indicadores foram positivos no restante do Estado.

Leia mais:
Com São Paulo na liderança, roubos de cargas aumentam 16% em 2014

"Só aqui na região do Gamesp [Gabinete Metropolitano de Gestão Estratégica em Segurança Pública] de Campinas houve recuo de 12,96% em maio deste ano. Passou de 54 roubos de carga para 47", exaltou Alexandre de Moraes, secretário de Segurança Pública do Estado, em reunião no interior paulista.

Também houve queda, apesar de menos acentuada, na capital paulista e na soma das cidades do interior do Estado, respectivamente, de 14,32% e de 8,61%. Números exaltados pelo secretário, que, no entanto, não soube de explicar a alta na Grande São Paulo.

Leia também:
Operação contra roubo de carga desarticula quadrilhas e recupera 16 caminhões
Bandidos evitam levar produtos com rastreadores em roubo à Samsung

"O primeiro [fator que explica a queda no restante da unidade federativa] é o cruzamento inteligente de informações e investigações de todos os grandes roubos de carga no Estado", disse Moraes. "E também a melhoria do policiamento para aqueles roubos de oportunidade, quando a carga tem baixo valor agregado."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.