Tamanho do texto

Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que o homem chegou à UPA de Sobradinho 2 também com outras patologias

Um paciente está isolado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sobradinho 2, no Distrito Federal, por apresentar sintomas característicos de ebola.

África: Para combater ebola, presidente de Serra Leoa proíbe população de sair de casa

Pacientes aguardam atendimento na UPA 24h da Penha do lado de fora (2012)
Vivian Fernandez
Pacientes aguardam atendimento na UPA 24h da Penha do lado de fora (2012)

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que o paciente é um espanhol. Ele chegou à UPA na tarde de quarta (17) e também tem outras patologias. Ainda nesta manhã, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal dará uma entrevista coletiva para detalhar o caso.

Em nota, a secretaria explicou que, por precaução, foram tomadas as medidas previstas no Protocolo do Ebola e o paciente está isolado até que saia o resultado do exame, o que pode ocorrer ainda nesta quinta-feira (18). A equipe de vigilância epidemiológica foi notificada e acompanha o caso. Segundo a nota, os profissionais que tratam o paciente estão equipados com itens de segurança como luvas, máscara, capote e gorro.

Cientistas:  Vírus do ebola pode ter ficado mais contagioso

A vendedora de lanches Maria Araújo, que trabalha em frente à unidade de saúde, diz que o movimento nesta manhã está menor que nos outros dias. “Nesse horário já teria mais pessoas procurando a UPA, a movimentação pela manhã costuma ser grande”.

Ela relata que, ontem, após a chegada do paciente, algumas pessoas ficaram assustadas e foram embora da unidade de saúde, principalmente mulheres acompanhadas de crianças.

O ebola atingiu países da África e é uma febre hemorrágica transmitida pelos contato com fluidos corporais infectados, como vômito, sangue, diarreia e suor. Inicialmente, a pessoa infectada apresenta febre, seguida de dores no corpo, na cabeça e na garganta.

Náuseas, vômitos e diarreias costumam preceder a pior fase da doença, que é de sangramentos internos e da pele. Tais sintomas costumam aparecer antes de completados cinco dias da contaminação, porém podem vir até o vigésimo primeiro dia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.