Tamanho do texto

Cleuter Barreto Barros, 26 anos, foi flagrado por Policiais Militares com cerca de dez quilos de maconha prensada

O torcedor do Corinthians, Cleuter Barreto Barros, de 26 anos, conhecido como Manaus, foi preso na noite desta terça-feira, na Rodoviária Novo Rio, com cerca de dez quilos de maconha prensada. Ele é um dos 12 corintianos que ficaram presos 156 dias na cidade de Oruro, na Bolívia, em 2013, indicados pela morte do jovem boliviano Kevin Espada, então com 14 anos, atingido por um rojão durante um jogo do time paulista contra o San José pela Taça Libertadores da América daquele ano.

Leia mais notícias do portal O Dia

Cleuter Barreto foi preso na noite de terça-feira, na Rodoviária Novo Rio. Ele é um dos 12 corintianos que ficaram presos 156 dias na Bolívia, em 2013
Divulgação
Cleuter Barreto foi preso na noite de terça-feira, na Rodoviária Novo Rio. Ele é um dos 12 corintianos que ficaram presos 156 dias na Bolívia, em 2013

De acordo com informações da PM, Cleuter foi abordado por uma guarnição do Posto de Policiamento Turístico (PPT) do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) quando desembarcava no Rio, vindo de São Paulo.

O entorpecente, no entanto, estaria sendo transportado de avião desde Manaus, terra natal do acusado. Ele não disse aos PMs para quem a droga seria entregue e como seria feito o repasse no Rio. O registro da ocorrência foi feito na 5ª DP (Mem de Sá).

Policiais apreenderam aproximadamente dez quilos de maconha com o torcedor corintiano. Ele vinha de São Paulo com a droga
Divulgação
Policiais apreenderam aproximadamente dez quilos de maconha com o torcedor corintiano. Ele vinha de São Paulo com a droga

Dois meses após serem soltos pelo incidente em Oruro, alguns torcedores do Corinthians que tinham sido presos voltaram a se envolver em confusão. Cleuter foi identificado nas imagens da briga entre corintianos e vascaínos na Arena Mané Garrincha, em Brasília, pelo Brasileirão de 2013.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.