Tamanho do texto

Ladrões tentam roubar caixas na zona norte do Rio de Janeiro, mas retroescavadeiras quebram na hora H

Dois caixas eletrônicos foram alvos de criminosos em Turiaçu e Vicente de Carvalho, Zona Norte do Rio. Para retirar os equipamentos de duas lojas, os "bondes da pá virada" usaram duas retroescavadeiras e um caminhão da Comlurb. Em ambos os casos, que não teriam relação, as máquinas com o dinheiro não foram levadas pois as retroescavadeiras quebraram na hora H. Os vagabundos fugiram de mãos abanando.

Retroescavadeira utilizada durante ataques a caixa eletrônico no Rio de Janeiro
Reprodução
Retroescavadeira utilizada durante ataques a caixa eletrônico no Rio de Janeiro

O primeiro ataque aconteceu em um supermercado na Estrada do Otaviano, por volta das 3h, em Turiaçu. Foram destruídas as duas principais portas do mercado e parte do muro. Dentro do estabelecimento, foram quebrados um caixa e o guarda-volumes. A estrada foi parcialmente interditada para a perícia. Segundo a polícia, os criminosos seriam da comunidade Faz Quem Quer, próxima dali.

Leia mais do Meia Hora:

Tarado do 'Face' fingia ser prostituta para atrair menores para cama

Dona Encrenca mata, esquarteja e desossa o amante

Taradona liga 377 vezes para bombeiros e pede para apagarem seu fogo

Moradores contaram que o barulho feito pela máquina foi grande. "É impactante chegar para trabalhar e ver essa destruição", disse a operadora de caixa Jéssica Soares, de 25 anos, acrescentando que o mercado têm câmeras de segurança.

A Comlurb informou que o caminhão usado pelos bandidos foi roubado quarta-feira, próximo ao Morro da Pedreira, em Costa Barros. O local é reduto do traficante mais procurado do Rio: Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy. A empresa diz ainda que às 5h de ontem o caminhão foi localizado pelo GPS.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.