Tamanho do texto

Arthur Chioro disse que País não será usado para o lançamento de vacinas contra que não sejam seguras, nem eficazes

Apesar de vacina ser
Arquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil
Apesar de vacina ser "sonho", Chioro argumenta que não há segurança para teste

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, disse nesta terça (2) que o Brasil não será usado para o lançamento de vacinas contra a dengue que não sejam seguras, nem eficazes. Acrescentou que a disponibilização da vacina é “o sonho” de todos os médicos, mas ainda não há um patamar de segurança para isso.

"O Brasil não vai virar plataforma mundial de lançamento de produtos que tenham eficácia e segurança não comprovadas. Agora, ninguém mais do que o ministro da Saúde deseja contar com uma vacina segura e eficaz para disponibilizar", disse o ministro.

Leia também:

Ministério da Saúde diz que não há prazo para vacina contra a dengue
Instituto Butantan fica perto da última fase de estudo de vacina da dengue
Vacina contra dengue tem análise prioritária, diz Anvisa

Chioro destacou que "o clamor popular" não vai intervir na decisão de disponibilizar vacinas. "Não é porque existe o clamor da população que qualquer dirigente do Ministério da Saúde vai fazer uma avaliação apressada e uma incorporação tecnológica, sem nenhuma crítica, de uma vacina que não dê segurança à população".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.