Retrospectiva 2021: personalidades vítimas da covid-19

Para além dos grandes nomes no ramo das artes que se foram em 2021, o país também se despediu de muitos conhecidos da política e da vida pública. Relembre:

Dom Eusébio Oscar Scheid

O bispo de São José dos Campos e Arcebispo do RJ foi internado com uma pneumonia, causada por complicações da covid-19, e faleceu no hospital.

Reprodução/Vaticano News

Maguito Vilela

Maguito foi o primeiro ex-governador que Goiás perdeu em 2021, aos 71 anos. Ele permaneceu internado por mais de 80 dias após se recuperar da covid-19 em razão de uma infecção causada por bactérias e fungos nos pulmões, e não resistiu.

Senado Federal

Helenês Cândido

Em estado grave, Cândido passou três dias à espera de um leito de UTI e morreu enquanto era transferido. Ele tinha 86 anos, e havia comandado o estado de 1998 a 1999. O estado perdeu ainda outros dois ex-governadores: Ary Valadão (pneumonia) e Iris Rezende (AVC)

Carlos Costa/AleGO

Major Olímpio

O senador foi internado na UTI após o diagnóstico de covid-19. Ele chegou a ser intubado duas vezes enquanto estava no hospital.

Jefferson Rudy/Agência Senado

Herzem Gusmão

Após três meses na luta contra a doença, o prefeito de Vitória da Conquista faleceu aos 71 anos por complicações pulmonares. Eleito para o segundo mandato em 2020, ele sequer chegou a comandar a cidade durante o ano.

Palácio do Planalto/Divulgação

Irmão Lázaro

Conhecido por sua carreira como cantor gospel e vereador, Irmão Lázaro morreu na UTI de um hospital de Feira de Santana, na Bahia, em 19 de março. Ele estava internado há quase um mês e foi intubado por complicações.

Reprodução/redes sociais

Agnaldo Timóteo

Aos 84 anos, o cantor e político morreu no Rio de Janeiro por complicações da covid-19. Ele havia se vacinado, e à época, os médicos suspeitavam que a infecção teria acontecido no intervalo entre as duas doses.

Agência Brasil

Levy Fidelix

O criador do aerotrem ficou por cerca de um mês internado em um hospital particular de São Paulo e faleceu em abril por complicações da covid-19.

TV Brasil

Marco Maciel

Ex-vice-presidente da República do governo Fernando Henrique Cardoso morreu em junho, aos 80 anos. Após se recuperar da covid-19, ele apresentou um quadro de infecção generalizada e precisou ser hospitalizado, onde não resistiu. Maciel também sofria de Alzheimer desde 2014.

Wilson Dias/Agência Brasil