Pesquisa vai monitorar evolução da doença em Toledo (PR)
Reprodução: iG Minas Gerais
Pesquisa vai monitorar evolução da doença em Toledo (PR)

Um estudo observacional da efetividade da vacina da Pfizer contra a  Covid-19 será realizada no município de Toledo (PR). A expectativa é que o trabalho seja iniciado em até quatro semanas. O objetivo é monitorar a evolução da doença em uma cidade com toda a população a partir dos 12 anos já imunizada.

Além da Pfizer, participam da pesquisa o Hospital Moinhos de Vento, a Universidade Federal do Paraná e a Secretaria de Saúde de Toledo.

Leia Também

A pesquisa será feita a partir do monitoramento de todos os casos de sintomas de síndrome gripal da população com 12 anos ou mais do município de Toledo. Aqueles que testarem positivo para o coronavírus serão acompanhados por cerca de um ano por meio de entrevistas telefônicas frequentes, nas quais serão avaliadas situações como agravamento da infecção, sintomas de covid longa ou outros efeitos colaterais da infecção, além das possíveis mortes. A análise dos dados ficará a cargo do Instituto de Pesquisa do Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre.

A Universidade Federal do Paraná fará o sequenciamento genômico de amostras de todos os testes positivos para Covid-19 da população de Toledo durante o andamento do estudo. Esta ação visa entender quais variantes estão circulando na região e a resposta da vacinação frente a elas.

Leia Também

Já a Secretaria municipal de Saúde de Toledo ficará com a responsabilidade de distribuir as vacinas contra a Covid-19 e monitorar os casos de síndrome gripal da população.

Segundo a Secretaria municipal de Saúde de Toledo, cerca de 50% das vacinas de primeira dose aplicadas no município são da Pfizer. Ou seja, metade da população vacinada terá recebido as duas doses do imunizante desenvolvido em parceria com a farmacêutica Biontech.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários