Bares cheios durante a pandemia da Covid-19 em Ipanema, no Rio de Janeiro
Brenno Carvalho / Agência O Globo
Bares cheios durante a pandemia da Covid-19 em Ipanema, no Rio de Janeiro

RIO — Em parceria anunciada com a prefeitura do Rio, o governo do Estado publicou no Diário Oficial desta sexta-feira (11) novas medidas restritivas de prevenção e enfrentamento à propagação da Covid-19.

A principal novidade é a proibição do consumo de bebidas alcoólicas em ambientes externos de bares e restaurantes, inclusive na capital, depois das 21h.

Os estabelecimentos continuam autorizados a funcionar atendendo uma 50% de sua capacidade de lotação até 1h. Segundo o novo decreto, música ao vivo e sistema self-service seguem suspensos.

Assinado pelo Governador interino Cláudio Castro, o decreto também proíbe pelas próximas semanas, aos sábados, domingos e feriados, o estacionamento de veículos particulares na orla do Rio de Janeiro no trecho entre as praias do Leme ao Pontal. Só poderão estacionar os proprietários de carros que moram nas regiões.

Você viu?

O Governo do Estado e a prefeitura disseram que as medidas fazem parte de um acordo feito pelo governador interino Cláudio Castro e o prefeito Marcelo Crivella num encontro entre os dois logo após o afastamento Wilson Witzel. A prefeitura informou que tão logo tenha um novo decreto irá divulgar.

O uso de máscaras continua obrigatório em espaços e transportes públicos, estabelecimentos comerciais e repartições públicas estaduais.

O decreto manteve ainda a recomendação às prefeituras do estado de reabertura gradual de setores do comércio e da indústria, de acordo com as características de cada município, em horários específicos para evitar aglomerações.

Além disso, também lembra que os municípios têm autonomia para manter as suas determinações e regras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários