Tamanho do texto

O presidente do país deu recado a europeus que pedem um encontro dele com Trump: "Fotos em família são a última etapa da negociação"

IstoÉ

Hassan Rouhani sentado posando para foto arrow-options
Reprodução/Twitter/Hassan Rouhani
Rouhani deu "resposta negativa" para qualquer tipo de negociação com os EUA

O presidente iraniano, Hassan Rouhani, declarou nesta quarta-feira na Assembleia Geral da ONU que o Irã não irá negociar com os Estados Unidos enquanto impuserem sanções contra Teerã.

“Em nome da minha nação, gostaria de anunciar que nossa resposta é negativa a qualquer negociação enquanto houver sanções”, afirmou, ao mesmo tempo em que Washington acaba de fortalecer sua pressão econômica.

Leia também: Trump impõe sanções contra o Banco Central do Irã após ataque na Arábia Saudita

Aos europeus que pedem um encontro entre ele e o presidente americano Donald Trump, Rouhani respondeu: “As fotos de família são a última etapa de uma negociação, não a primeira”.

Além disso, Ruhani exigiu na tribuna da ONU que a Arábia Saudita encerre sua ofensiva no Iêmen depois de um ataque no reino rico em petróleo que Washington atribui a Teerã.

“A segurança da Arábia Saudita será garantida com o término da ofensiva no Iêmen, mais do que o convite de estrangeiros”, disse ele à Assembleia Geral das Nações Unidas.

Leia também: "Irã é responsável por ataques na Arábia Saudita", diz Mike Pompeo

O Irã já havia advertido que a presença de forças estrangeiras prejudicava a segurança na região, depois que os Estados Unidos anunciaram o reforço de sua presença na zona na sexta-feira passada.