Zeca do PT aposta em 'efeito Lula" para vencer no MS

Para ex-governador, recursos federais investidos no Estado vão fazer a diferença

Celso Bejarano iG Campo Grande |

Zeca do PT recebeu com tranqüilidade o resultado da pesquisa do Ibope que o coloca em segundo lugar na corrida pelo governo do Estado.

O petista aparece com 33% das intenções de voto, bem atrás de seu principal adversário, o governador André Puccinelli (PMDB), que lidera a pesquisa com 52% das intenções.

O candidato do PSOL Nei Braga aparece com apenas 1%.

Zeca confia que o apoio prometido pelo presidente Lula deverá influir no seu desempenho nas próximas semanas.

O petista acredita que sua mística política prevalecerá. “Sempre estive atrás, depois venci”, afirmou Zeca, com referência ao pleito de 1998.

Como estratégia da “virada”, Zeca aposta na soma de recursos investidos (R$ 8 bilhões) pelo governo federal, por meio do PAC, no Estado.

Na primeira pesquisa Ibope, divulgada no início deste mês, André Púccinelli, apareceu com 52% das intenções de votos.

Já Zeca do PT, segundo o levantamento, tinha 35%, dois pontos percentuais a mais do que na pesquisa anterior. O candidato do PSOL ficou com 1%.

    Leia tudo sobre: Eleições MSEleições Zeca do PT

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG